Pedagogia

O curso forma profissionais para atuarem no magistério, na gestão do trabalho pedagógico e na educação formal e não formal, interessados em estudos do campo teórico e investigativo da educação, como pedagogos dos sistemas de ensino, instituições escolares e não escolares.

Desta forma, o curso de Pedagogia assume o compromisso ético de atender a demanda social e econômica relacionada ao mercado de trabalho, público ou privado, visando a eficiência e excelência da área da educação, preparando o pedagogo para assumir a gestão, e a docência multidisciplinar em espaços escolares e não escolares tais como: classes da Educação Infantil, em classes regulares dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, em classes de Educação para Jovens e Adultos, nos cursos de Ensino Médio na modalidade Normal, em trabalhar com a inclusão de alunos portadores de necessidades educacionais especiais, em Educação Hospitalar, Educação Empresarial, Educação Social, Educação de Rua, ONGs, e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.As idéias que norteiam o curso de Pedagogia estão voltadas para um modelo que estimule o desenvolvimento da área da educação através de abordagens criativas, inovadoras e dinâmicas, que despertem o espírito questionador e crítico para fomentar a educação transformadora e humanizante, solicitadas por um mundo globalizado e competitivo.Ao longo dos anos somos reconhecidamente formadores de profissionais comprometidos com o ensino das redes estadual, municipal e particular para o ensino da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. A Faculdade Presidente Antônio Carlos de Visconde do Rio Branco elabora seus currículos com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais e com vistas a atender às necessidades regionais sem, no entanto, desconsiderar a formação básica do profissional para que ele possa exercer sua atividade profissional em qualquer outro local. As primeiras turmas obtiveram habilitação em docência para Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental e Supervisão Pedagógica. Na Faculdade Presidente Antônio Carlos de Visconde do Rio Branco curso de Pedagogia é, reconhecidamente, um dos principais requisitos para o desenvolvimento da educação básica da cidade. Partindo-se do princípio de que a construção do conhecimento é um processo individual, mas que se realiza por meio da produção coletiva e compartilhada, onde cada indivíduo descobre seus anseios, competências e habilidades profissionais, surgiu em 2002, na Faculdade Presidente Antônio Carlos de Visconde, demanda para criação do curso de Normal Superior em 2009 transformou-se em Pedagogia, buscando a formação de um profissional da Educação que pudesse contribuir de forma incisiva com o desenvolvimento da educação no município e região.

Tempo de duração do curso: 8 semestres
Turno: Noturno

Horário: 19h às 22h30

Telefones de Contato: (32) 3551-1111

Ficou alguma dúvida?

Deixe seu contato para gente se falar

Dica do Profissional de Pedagogia

O perfil profissional do pedagogo, nos dias de hoje, exige uma formação diferenciada, onde, além de buscar novas metodologias e técnicas para a formação cognitiva e social do educando, assim como orientar os docentes em seu exercício, é saber administrar e acompanhar as mudanças e avanços que vem ocorrendo na área educacional para tomar suas decisões sobre o quê, como, porque e quando realizar as intervenções.

O profissional deve preocupar-se também com as questões do cotidiano escolar, ambiental e social. Para atuar como pedagogo numa Instituição de Ensino e/ou ambiente que envolva o ato de exercer a Pedagogia é necessário conhecimento das áreas como educacionais, sociais, filosóficas, recursos humanos, comunicação, etc. E, além de orientar e coordenar, é preciso saber promover propostas que contribuam para a valorização da educação, relacionar-se cada vez melhor com os docentes, discentes, familiares e sociedade, de modo a contribuir para o bem estar da sociedade em suas expectativas.

As políticas de qualificação docente imprimem um ritmo acelerado neste processo de formação de profissionais. O Projeto Pedagógico que ora se apresenta objetiva o desenvolvimento de um conjunto de ações que contemplam a definição e identidade do Curso, bem como reflexões e proposições que consideram seu estágio de implantação curricular e extracurricular, num cenário que contempla ações que dimensionam o Curso no âmbito regional e o significado que ocupa como um dos espaços privilegiados de formação de profissionais que atuam e irão atuar nas redes públicas e particulares.

Mercado de trabalho

A possibilidade de inserção profissional no mercado de trabalho referentes à modalidade da Pedagogia e seus serviços afins e correlatos o profissional desta área pode atuar:

  • Como professor de Educação Infantil, séries iniciais do Ensino Fundamental e das disciplinas pedagógicas do Curso Normal de nível Médio;
  • Participando da gestão das instituições, contribuindo na elaboração, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico;
  • Integrando equipe multidisciplinar de recursos humanos das empresas, trabalhando no setor identificando demandas de cursos para os funcionários;
  • Em Ongs e sindicatos, para dar cursos, fazer projetos e planejando ações da organização;
  • Atuando em brinquedotecas dos hospitais, acompanhando crianças nas atividades escolares;
  • Treinamentos de pessoal ou para trabalhos no setor de RH na Pedagogia Empresarial.
  • Nas varas da infância e da juventude, integrando equipes psicossociais;
  • Em serviços de difusão cultural e de comunicação de massa: jornais, revistas, televisão e editoras; mídias educativas, softwares Educacionais;
  • Em assessorias pedagógicas, Produção de material pedagógico;
  • Pesquisa;

Onde as atividades docentes também compreendem participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando:

I – planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da Educação;

II – planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de projetos e experiências educativas não-escolares;

III – produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.

Assim mercado de trabalho, tanto a rede pública quanto a rede privada adotam estruturas de funcionamento que requerem profissionais qualificados e capacitados para o exercício de funções de diretoria, de coordenadores pedagógicos, assistentes de direção, encarregados de diversos setores, existentes tanto em unidades escolares como em diversos órgãos do sistema de ensino.

E ainda assistência, assessoria, auditoria e consultoria Pedagógica.

Docência, atuando como educador, em nível de graduação e pós-graduação, em disciplinas que tiver competência;

Pesquisa Científica Aplicada, atuando na pesquisa e desenvolvimento de tecnologia, em instituições públicas e privadas, como coordenador ou executante em área de sua competência.


Dúvidas Frequentes

Perfil do Estudante

O egresso do Curso de Pedagogia deverá atuar com ética e compromisso na construção de uma sociedade melhor; contribuir para o desenvolvimento integral do aluno; trabalhar na promoção da aprendizagem de indivíduos em diferentes fases de desenvolvimento, em espaços escolares e não escolares; aplicar modos de ensinar diferentes linguagens, de forma interdisciplinar e adequada às diferentes fases do desenvolvimento humano; demonstrar domínio das tecnologias de informação e comunicação adequadas ao desenvolvimento de aprendizagens significativas; identificar problemas socioculturais e educacionais e contribuir para superação de exclusões sociais, étnico-raciais, econômicas, culturais, religiosas e outras; participar da gestão das instituições em que atuem planejando, executando, acompanhando e avaliando projetos e programas educacionais, em ambientes escolares e não escolares.

Estrutura

A matriz curricular de um curso é parte integrante de seu Projeto Pedagógico – PPC. Sua construção deve ser compreendida não como enumeração de componentes curriculares ou de atividades de Ensino-Aprendizagem, mas como estabelecimento de um campo de questionamento de temas relevantes, propício ao amadurecimento intelectual e motivador para a prática profissional. Sua sustentação depende não apenas de fidelidade à legislação em vigor mas, também, de um plano de desenvolvimento de habilidades intelectuais e práticas, esperadas no perfil do egresso.
As conexões entre ensino e extensão, capazes de tornar o processo de formação mais produtivo, devem ocorrer por iniciativa tanto de professores como de alunos. No processo de formação, alunos e professores são ambos responsáveis pelos resultados, cabendo aos professores orientar /mediar todo o processo de construção do conhecimento. Ambos devem estar atentos à realidade externa, sendo hábeis para observar as demandas por ela colocadas. Os problemas sociais, econômicos e culturais que repercutem na prática do cotidiano devem ser considerados na vivência acadêmica diária e nas relações estabelecidas no processo de ensino-aprendizagem.

O Projeto Pedagógico do Curso é a expressão mais clara da sua organização didático-pedagógica e, tanto a administração acadêmica do Coordenador quanto a ação do Colegiado do Curso e do NDE são responsáveis pela execução, pelo acompanhamento e pela revisão do Projeto, que é construído e implementado com base na associação entre uma concepção de ensino-aprendizagem pautada na responsabilidade individual e coletiva e uma avaliação das condições necessárias para a formação de egressos capazes de um desempenho satisfatório, aptos a contribuírem para o bem estar social com uma postura para a superação de problemas e a administração dos conflitos.

O Projeto Pedagógico segue a linha mestra da integração, considerada em seu tríplice aspecto: integração teoria-prática, disciplinar e de ensino. Nesse sentido, promove-se o encadeamento lógico do conhecimento, favorecedor da reflexão e do pensamento crítico sobre a educação e seus campos de atuação.

Coordenadora

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Viçosa (1994) e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1999). Atualmente Coordenadora do Curso Normal Superior e Pedagogia da Universidade Presidente Antônio Carlos e professor adjunto 1-A da Universidade Presidente Antônio Carlos na Graduação e Pós Graduação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Conhecimento Linguagem e Formação de Professores, atuando principalmente no seguintes temas: Psicologia da Educação e Metodologia de Ensino e Litratura Infanto-Juvenil.

Profa.  Msc. Marli Santana Pinto Coelho
Telefone: (32) 3551-1111

Email: marlisantana@unipac.br

 


Temos certeza que este curso é para você

Faça a sua inscrição no vestibular agora mesmo e dê o primeiro passo para o seu futuro


Fale conosco saiba mais




Av. Ruy Bouchardet Junior, 417 – Bairro Jardim Alice – Visconde do Rio Branco – MG CEP: 36520-000

(32) 9 9905-4639

direcao@fupacvrb.edu.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs